Judaísmo Haymanot

O Judaísmo Haymanot tem grande expressividade no segmento religioso pelo fato de ser uma das três maiores religiões do mundo. Muito mais do que uma doutrina trata-se de uma religião que oferece um modo de vida e uma filosofia. O povo judeu entende que sua religião é a representação da criação da aliança entre Deus e os Filhos de Israel.

Torá

Para os judeus o texto dos cinco livros que compõem a Torá é sagrado e o que deve guiar a sua vida. Nesses livros estão contidas as histórias a respeito de como Deus criou o mundo e como os judeus se libertaram da escravidão no Egito e peregrinaram por 40 anos pelo deserto para enfim chegar a Terra Prometida.

Faz parte da Torá ainda os dez mandamentos que foram entregues por Deus a Moisés (Moshe em hebraico) no Monte Sinai para guiar a fé do povo escolhido pelo senhor. Esse livro pode ser chamado de Lei de Moshe ou Torah Moshe e oferece para o judaísmo um compilado das principais tradições religiosas.

Tanakh – Bíblia Judaica

O conjunto de livros que recebe o nome de Tanakh na cultura judaica é o mais perto de uma bíblia convencional. Para muitos trata-se da bíblia judaica, seu conteúdo é equivalente ao que está presente no Antigo Testamento da Bíblia da Igreja Católica. O nome Tanakh é resultante da combinação das partes iniciais das três partes que formam o livro:

Torá (o livro de maior importância para o povo judeu), Neviim (nesse livro está o conteúdo que faz referência aos profetas) e Ketuvim (composto por 11 livros é reconhecido como “escritos”). A leitura desse livro pode ser interessante até mesmo para quem não é judeu, pois tem bastantes referências históricas. 

Divergências

É curioso observar que as diferentes correntes do judaísmo surgiram exatamente devido ao episódio em que Deus teria revelado a Torá escrita e ensinamentos orais para Moisés no Monte Sinai. Para quem segue o judaísmo tradicional (rabínico) as revelações feitas por Deus foram orais e escritas enquanto que para os caraítas as revelações foram apenas as escritas, ou seja, a Torá.

O Movimento Caraíta

A palavra caraíta significa “homens de escrituras” e se deve exatamente pelo fato de que os caraítas acreditam que somente as leis escritas foram entregues a Moisés, isto significa que rejeitam a ideia de que ensinamentos orais tenham sido passados para ele pelo criador. A seita judaica dos caraítas teve sua origem no século VIII na região da Babilônia e teve como principal representante a figura de Ana Ben David. Até os dias de hoje possui milhares de seguidores. 

Judeus São os Filhos de Israel

A religião judaica é uma das mais antigas do mundo que se mantém viva até os dias atuais. Sua fé é monoteísta o que significa que tem crença num único Deus e o povo hebreu está referenciado nos textos mais antigos da Bíblia. Aliás, é válido ressaltar que em alguns textos a expressão “judeus” é utilizada para substituir “Filhos de Israel”. Assim o povo judeu é reconhecido nos textos bíblicos há muito tempo.

Quem São os Judeus?

Ser judeu é fazer parte de um grupo étnico-religioso em que estão contidos tanto os que nasceram sob essa religião como aqueles que decidiram pela sua conversão. Um dos momentos mais marcantes da história desse povo e da própria religião judaica é a passagem de 40 anos pelo deserto, fugindo de anos de escravidão no Egito, em busca da tão sonhada Terra Prometida.

Hoje em dia em torno de 42% dos judeus do mundo vivem em Israel que é a essa Terra Prometida. O principal grupo dentro do judaísmo é o ortodoxo, no entanto, também é interessante falar a respeito do movimento conservador e reformista que tem grande expressão. Podemos dizer de forma resumida que a diferencia crucial entre os três grupos diz respeito como a forma como se relacionam com a lei judaica.

Judeus Ortodoxos – Lei Divina

Para os judeus do grupo ortodoxo as leis do judaísmo são de origem divina e por isso nunca podem ser alteradas. Sendo assim mesmo que suas leis contradigam a evolução continuam a ser seguidas. 

Judeus Conservadores e Judeus Reformistas – Caráter Liberal

Esses dois grupos tem uma relação mais liberal com as leis do judaísmo de maneira que aceitam as mudanças que o progresso do tempo impõe. Entre essas duas vertentes os conservadores mantêm uma visão um pouco mais centrada nos quesitos tradicionais. A vertente reformista entende que as leis judaicas devem servir de norte para as ações do homem, mas não devem ser um fator limitador.

O Tabernáculo

Um dos conceitos mais importantes da fé judaica, o Tabernáculo (cabana ou barraca), era uma espécie de santuário que podia ser transportado e que foi durante os 40 anos de êxodo no deserto usado pelo povo judeu para guardar a Arca da Aliança, a Menorá e outros objetos considerados sagrados.

Arca da Aliança

Literalmente uma arca era usada para carregar as tábuas com os dez mandamentos que foram entregues a Moisés por Deus. A ideia da arca era representar a presença de Deus junto ao seu povo enquanto estavam peregrinando pelo deserto. 

Menorá

Um candelabro que possui sete braços representa uma árvore em chamas que Deus teria apresentado a Moisés durante o momento da revelação dos dez mandamentos no Monte Sinai. Consiste num dos principais símbolos do judaísmo.

Religião Monoteísta

Ao longo da história do Judaísmo Haymanot surgiram diversas correntes que apresentam prismas variados quanto as concepções das leis divinas. Contudo, um conceito se mantém imutável para todas essas correntes, o monoteísmo. Para os judeus existe apenas um único Deus que tudo pode, tudo vê e está em todos os lugares. Não é aceita a ideia de divisão dessa divindade com outros deuses.

No judaísmo é expressamente proibido seguir ou adorar qualquer outro Deus. Porém, é possível observar que depois que chegaram a terra prometida os judeus passaram a acreditar que Deus tinha um tipo de corte divina que seria formada pelo o que entendemos como anjos. No entanto, mesmo nessa corte Deus seria o rei e o único com tamanho poder. 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Religiões

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.