Milagres de Deus

É fato que Deus é uma das figuras mais conhecidas e envoltas de polêmicas em todo o mundo. Isso porque, enquanto existem várias pessoas que atribuem à figura divina tudo o que acontece no mundo, e o exalta, por ter a crença de que por ele o Universo e tudo o que está presente dentro dele foi criado, outras são céticas em dizer que Deus criou realmente o universo, e sequer existe (os chamados ateus). 

Acontece que o laço que liga Deus aos homens é a religião (embora tenham pessoas que acreditam em Deus, mas não seguem uma religião específica), e existem mais de três mil delas espalhadas pelo mundo. A religião mais conhecida que tem Deus como o centro de tudo é o Cristianismo, que tem como vertentes a Igreja Católica, a Igreja Protestante e a Igreja Ortodoxa.

Muitos fiéis do cristianismo acreditam que Deus é o único caminho a seguir, acreditando na palavra dele, que está escrita na Bíblia, o livro mais vendido do mundo, e em seus milagres, que acontecem quando uma pessoa tem muita fé e pede essa graça a Ele. Nesse artigo vamos falar um pouco sobre os milagres provenientes de Deus, bem como alguns testemunhos que dão veracidade aos milagres.

Deus

Deus é definido da seguinte maneira: como uma divindade que é o princípio e a realização de todas as coisas, sendo que ele é o personagem central das religiões ditas abraâmicas. Além do Cristianismo, Deus é a figura central no Judaísmo e também no Islamismo. Nas religiões não abraâmicas, como as que têm origem oriental, não há a figura de um deus central, mas sim de vários deuses, cada um é responsável por algum elemento especial no planeta.

A figura divina é compreendida também da seguinte forma: como um ser que não tem corpo e nem aparência definida, sendo dotado de justiça e solidariedade, sendo a fonte de toda a obrigação de ordem moral. Ou seja, Ele é o Maior e o único a ser seguido.

Para comprovar todo o seu poder e a sua influência, as características principais de Deus, Super Poderoso, são as seguintes:

  • A Onipresença, que é o poder de estar em qualquer lugar a qualquer momento;
  • A Onipotência, que é o poder absoluto, sobre tudo e qualquer coisa que existe;
  • A Onisciência, que é o poder de saber de tudo sobre todos;
  • A Onibenevolência, que é o poder de ter solidariedade e bondade de modo infinito.

Os Milagres de Jesus Cristo, Filho de Deus

Para começarmos a falar sobre os milagres divinos, devemos falar a respeito dos milagres que Jesus, seu filho, realizou na Terra, como parte da sua pregação pela Judeia, que começou quando Cristo foi batizado nas águas do Rio Jordão por João Batista e terminou quando foi crucificado e morto pelos Judeus. Os milagres que foram realizados por Jesus são vários, mas destacam-se os seguintes:

– Em uma festa de casamento, Jesus, ao ser avisado que o vinho já tinha acabado, ordenou o enchimento de talhas com água que tinham capacidade para 100 litros cada uma, transformando-as em vinho da melhor qualidade;

-Ao saber da morte de seu melhor amigo, Lázaro, Jesus foi ao seu sepulcro e, ao se deparar com a sua tumba, ordenou que o mesmo saísse de lá. Milagrosamente, Lázaro saiu do sepulcro com todos os seus ferimentos totalmente recuperados.

-Para mostrar a sua fé no pai e passar isso aos seus apóstolos, Jesus foi ao mar pescar. Ele conseguiu coletar mais de 150 peixes grandes, e o mais incrível: sem se molhar. 

-Jesus devolveu a um paralítico os seus movimentos, quando o mesmo foi levado pelos seus amigos até Ele. Para aproximá-lo ainda mais de Cristo, os seus amigos fizeram um buraco pelo telhado para que ele pudesse ser colocado lá dentro. “Levanta-te e ande!”, teria ordenado Jesus ao paralítico.

-Conseguiu alimentar mais de cinco mil pessoas com apenas dois peixes e cinco pães. É o milagre da multiplicação, em que Jesus abençoou os alimentos disponíveis e começou a reparti-los entre os homens. Estima-se que, depois de saciar a todos, ainda sobraram alimentos, que foram condicionados em várias cestas.

-Jesus, em suas caminhadas, conheceu a história de um cego desde a sua nascença. Comovido com a sua história e com a sua ardilosa fé, Jesus, compadecido de seu estado, colocou as mãos em seus olhos e o fez enxergar.

-Jesus, depois do pedido de um discípulo, curou seu servo, fazendo-o acreditar ainda mais nele e em Deus.

Apesar de esses milagres serem relacionados a Jesus, podemos dizer que eles também são milagres de Deus, pois Cristo, além de seu filho, era como se fosse a presença de Deus entre os homens na forma carnal. 

Os Milagres de Deus

Atualmente, muitas pessoas são céticas quanto a milagres, visto que geralmente eles acontecem, para quem acredita em Deus, em situações que envolvam a vida.

Por exemplo: O caso de uma pessoa que estava com câncer terminal e, simplesmente, melhora, sem cuidados médicos existentes, pode ser considerado um milagre. Mas quando ocorre uma cirurgia de risco, e a pessoa se recupera, algumas pessoas (geralmente as que não têm fé ou crença em Deus) creditam ao cirurgião a responsabilidade e o agradecimento, e não a Deus. Já outras pessoas, acreditam que, mesmo com o profissionalismo do médico, a interferência divina nas ações do profissional da saúde é crucial para o sucesso da cirurgia.

Outro exemplo é um acidente de carro, em que a pessoa por pouco desistiu de entrar no veículo. Isso também pode ser considerado um milagre, claro, se essa pessoa tem fé em Deus.

Mas, também, não podemos nos esquecer que existem os falsos milagres. Podemos explicar desse modo: algumas pessoas que alegam ter alguma doença buscam atendimento médico e, ao perceber o estado emocional do paciente, eles receitam remédios à base de açúcar. Se a pessoa melhorar, pode-se dizer que sua doença era psicológica. No entanto, se a pessoa curada tiver fé, ela pode considerar que foi um milagre. 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Religiosidades

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • A inconsciência ou discernimento ou cegueira cósmica pode produzir algo pitoresco, dramático e autofágico. Quando o homem rompe a fronteira da inteligência do silêncio e dá uma de sabichão ele se autotransmuta em revólver na mão de macaco malabarista: sai tiro pra todo lado, inclusive contra si próprio…

    Suricato 21 de dezembro de 2016 12:41 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.