São Filipe Apóstolo

A religião é um dos assuntos mais complexos já estudados. Isso se confirma pela grande presença religiosa no mundo, visto que há mais de 3 mil delas, entre doutrinas e seitas, em atividade hoje. E, desse grande leque religioso, destacam-se três, que é o Cristianismo, o Islamismo e o Hinduísmo.

O Cristianismo, como deve saber, é a maior religião em atividade no mundo, onde 30% da população mundial é adepta de alguma de suas três vertentes, que é o catolicismo, o protestantismo e a Igreja Ortodoxa. Dessas três, o catolicismo é a maior, sendo, também, a primeira vertente cristã a existir.

Uma das características do Catolicismo é a veneração de figuras que, em toda a história da Igreja, contribuíram de alguma forma para a propagação da palavra de Deus a todas as pessoas. E Filipe, o Apóstolo, é uma dessas pessoas. Nesse artigo, você vai conhecer um pouco mais da vida desse apóstolo, que foi um dos pilares para a formação da Igreja Católica no mundo. Vamos lá?

Filipe, o Apóstolo

Os apóstolos foram os discípulos, aqueles que estiveram juntos de Jesus desde o início de sua vida pública, ou seja, quando ele iniciou, de fato, a missão dada por Deus a ele, que era a de converter as pessoas para seguir as palavras e os mandamentos divinos. Os doze, como são conhecidos, também são responsáveis pelos capítulos escritos na Bíblia, que é o livro mais vendido de todo o mundo, onde as Igrejas de ordem cristã retiram todos os seus ensinamentos.

Filipe, que foi um dos primeiros apóstolos a existir, também foi um discípulo de Jesus, naturalmente. Teve sua origem descrita em Betsaida, região localizada na Galileia, segundo os evangelistas Marcos, Mateus e Lucas.

Uma curiosidade é que o seu pai morreu justamente no dia que Filipe teve o primeiro contato com Jesus. Desde então, passou a segui-lo. É sabido que o mesmo chegou a participar do episódio onde Jesus multiplicou os pães e os peixes para dar de comer a mais de 5 mil pessoas. Esse episódio está relacionado ao dia que Jesus, ao ver essas pessoas com fome e sem esperança de provisões, mandou seus discípulos, a contra gosto deles, dividir os pães e peixes que possuíam. Alertaram Jesus que havia apenas cinco pães e dois peixes e, por ora, não seria possível dividir entre todas essas pessoas aos alimentos que carregavam consigo. Jesus, porém, os disse para entregar a ele os alimentos e, depois de orar a Deus e abençoá-los, os repartiu entre a multidão. Além de todas as cinco mil pessoas comerem, sobrou aproximadamente dois recipientes cheios de alimento. Filipe e os outros discípulos testemunharam o milagre da multiplicação. 

Outro evento importante que contou com a presença de Filipe foi a Última Ceia, onde Jesus se reuniu com seus apóstolos à mesa pela última vez, antes de ser entregue aos romanos. Nessa última ceia, Jesus Cristo falou aos discípulos em tom de despedida, dizendo que o ritual da comunhão do pão e do vinho deveria ser feito em memória dele, para mostrar que Jesus estava vivo em cada um deles. Disse ainda que seria traído por um deles, o que causou uma enorme comoção em todos eles.

Depois da entrega de Jesus ás autoridades romanas e a sua conseguinte morte pela crucificação na cruz, Filipe, juntamente com os outros discípulos, continuaram com a missão de perpetuar a palavra de Deus na Terra. Tamanha foi a sua importância, que Filipe foi o 5° apóstolo na hierarquia de Cristo.

Logo em seguida à morte de Jesus Cristo, Filipe decidiu fazer viagens; passando primeiro pelo Egito, depois pela Etiópia até rumar para a Grécia, onde se fixaram na cidade de Hierápolis, com suas quatro filhas o acompanhando. As suas filhas eram todas profetizas, sendo que duas acabaram ganhando respeito por conta de suas previsões. Judeu helenístico, Filipe era um evangelista e passou a lecionar em várias sinagogas judaicas presentes na Macedônia, Grécia, Cítia e Frigia. 

Segundo o Evangelho escrito pelas mãos de João, Filipe nutria uma forte amizade com o apóstolo Bartolomeu, e que, também ficou surpreso com o mistério da Trindade, relatado por Jesus Cristo, enquanto falava aos seus discípulos durante a Última Ceia.

Sua vida não fora muito documentada, por conta de vários motivos. Consta que, depois de se mudar para a Grécia, ordenou vários padres e sacerdotes gregos, além de as igrejas por ele administradas desenvolverem sete sacramentos primordiais para todos os que se identificavam com as práticas de Jesus Cristo.

No Evangelho de Filipe não havia nenhuma referência à abstinência de casamento, e muito menos de sexo. Acredita-se que ele era um defensor da santidade no casamento, por adotar uma postura assim. 

Sua morte ocorreu por volta dos anos 80 d.C. Alguns estudiosos afirmam que essa data seria no ano de 87. Filipe foi crucificado, seguido de um apedrejamento terrível. Sua crucificação foi diferente de Jesus Cristo, já que ele foi crucificado de cabeça para baixo. Seus restos mortais foram transportados, em sigilo, para Roma, onde foi posto juntamente com as relíquias de São Tiago Menor, na Igreja dos Apóstolos. Por conta disso, a festa litúrgica da Igreja Católica latina celebra ambos os santos em um mesmo dia, à todo primeiro do mês de maio. Curiosamente, dia 13 de maio comemora-se o dia litúrgico de Nossa Senhora de Fátima, que, segundo relatos, teria aparecido a três crianças na Cova de Iria, na cidade lusitana de Fátima.

Acredita- se que, por toda sua vida, Filipe pregou e também realizou milagres. Apesar de não confirmado, é especulado que ele tenha revivido um morto na cidade de Hierápolis – não confundir com a ressuscitação, tal qual aconteceu com Lázaro pelas mãos de Jesus- onde o apóstolo se estabeleceu após passar anos viajando.

Muitas pessoas, inclusive, confundem o apóstolo com outra figura importante da Bíblia: Filipe Evangelista. Tal erro é comum de acontecer. Filipe Evangelista foi um missionário que é citado no livro dos Apóstolos, na Bíblia, e teve importante trabalho na difusão da palavra de Deus. 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Santos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.