Santa Bárbara

Quatro de dezembro é o dia da festa em louvor a Santa Bárbara. Aparentemente, ela era uma donzela de grande beleza, cujo pai a trancou em uma torre para afastá-la de muitos pretendentes que não eram do seu agrado. Ele também queria impedi-la de se entregar ao hábito de constantemente ajudar os pobres.

O pai de Barbara era um fervoroso seguidor do sistema religioso greco-romano. Como tal, ele especialmente queria impedi-la de falar com quaisquer seguidores de uma nova religião, o que ele via como algo perigoso, pois tinha medo que a filha se convertesse. A nova religião em questão era o cristianismo e estava começando a converter partes da sociedade romana.

Naquela época, a religião cristã era adotada, principalmente, pelos pobres e oprimidos. O pai de Barbara era um comerciante rico que tinha desprezo pelo movimento religioso que aceitava pessoas de todas as classes. Além de sua preocupação por motivos pessoais, ele sabia que qualquer associação com a religião considerada fora da lei iria prejudicar o seu negócio de comercialização de grãos.

A Vida na Clausura

Barbara passou anos na torre. Ela recebia sua comida e roupas por meio de uma cesta que era amarrada a uma corda. Seu pai começou a trazer pretendentes de sua escolha, mas a garota tinha perdido todo o interesse em casamento. Um dia, um estranho colocou um livro na cesta de alimentos, do qual Barbara aprendeu sobre a nova religião. Ela ficou tão interessada em saber mais o cristianismo que até ficou doente de ansiedade.

Seu pai mandou chamar um médico e quando ele chegou, o pai aflito não perguntou que tipo de profissional era aquele. A verdade é que se tratava de um sacerdote – um médico da alma. Bárbara fez muitas perguntas ao padre e recebeu o batismo. Pouco tempo depois, o pai teve que fazer uma viagem. A moça pediu aos homens que trabalhavam na propriedade para fazerem uma terceira janela em sua torre. Como ela era filha de seu empregador, eles obedeceram.

A Fé Cristã

Quando o pai voltou e perguntou o significado da terceira janela, Bárbara lhe disse que ela tinha se convertido ao cristianismo e que queria ter três janelas para se lembrar dos três nomes de Deus. Este ato de remodelar uma construção deu à Barbara a honra de ser a santa padroeira dos arquitetos.

O resto da história é angustiante. O pai disse que ela deve renunciar à sua nova fé ou morrer. Quando ela recusou, ele a entregou às autoridades romanas que a torturaram, mas não foram capazes de levá-la a desistir de suas crenças. Eles até tentaram envergonhá-la, colocando-a para desfilar nua pela cidade. Então, um anjo enviou uma névoa que cobriu o seu corpo e impediu que ele fosse visto.

As autoridades ordenaram que seu pai a matasse. Ele tentou acabar com sua vida através de meios horríveis, mas ela sempre conseguia se salvar e voltava cada vez mais radiante, sempre afirmando a sua fé. Então, finalmente, ele agarrou seus belos cabelos longos e a decapitou. Naquele momento, as chamas brilhantes da sua fé saíram de seu corpo. Um momento depois, um raio atingiu o pai e o matou.

Por causa do destino de seu pai, o nome de Santa Bárbara é invocado nas orações de proteção contra raios. Além disso, ela se tornou a padroeira dos soldados de artilharia, mineiros e outros profissionais que trabalham com explosivos.

O Conto da Rapunzel

É provável que você tenha achado a história semelhante com o conto infantil Rapunzel, e realmente a princesa trancada em uma torre foi inspirada em Santa Bárbara. A história pode ser considerada como uma metáfora para a jornada da vida. Há momentos em que podemos nos sentir como se estivéssemos trancados em uma torre. Isso é, quando estamos de alguma forma longe do que sabemos que nos faria feliz. Porém, devemos fazer como Bárbara e nunca deixarmos de ser quem somos, pois somente assim conseguiremos ser felizes.

Você já conhecia a história de Santa Bárbara? Aproveite e compartilhe o post em suas redes sociais para que mais pessoas conheçam sobre a vida dessa personagem tão importante para diversas religiões.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Santos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.