Dia de Reis

Quando o dia 6 de janeiro se aproxima os católicos (e até mesmo os não-católicos) correm para desmontar as árvores de natal assim como desfazer a decoração que durante meses tornou a casa pronta para receber uma das noites mais aguardadas do ano. O chamado Dia de Reis, dia 6 de janeiro, é para os católicos o dia em que Jesus Cristo recebeu a visita dos três Reis Magos que foram transformados em três santos: Melchior, Gaspar e Baltazar. Vamos conhecer um pouco mais sobre a história desse dia tão importante e porque é o momento de desmontar a decoração natalina.

Dia e Noite de Reis

A noite de natal marca o nascimento de Jesus Cristo e para os católicos tem esse objetivo de festejo. De acordo com o catolicismo no dia 6 de janeiro Jesus, que era um bebê recém-nascido, foi visitado pelos três Reis Magos. Como esses três reis vindos do Oriente chegaram na madrugada do dia 5 para o dia 6 é possível também encontrar referência a Noite de Reis. A data ficou estabelecida no calendário para aveneração dos Reis Magos.

A Viagem dos Reis Magos

Uma curiosidade bem interessante sobre a visita dos Reis Magos é que eles não viajaram juntos como muitos acreditam. De acordo com a história católica cada um dos reis partiu de sua localidade de origem com o objetivo de chegar juntos para a visita ao bebê Jesus. Baltazar, por exemplo, saiu da África rumo ao local em que o bebê havia nascido levando para ele como presente mirra.

Já o Rei Gaspar teve a sua partida da Índia e como presente ao menino Jesus levou incenso. Por fim, tem o Rei Melchior que também pode ser chamado de Belchior e que partiu da Europa levando para o recém-nascido ouro que era um presente dado somente aos deuses. Cada um dos reis magos levou para Jesus Cristo um presente de sua localidade e origem que visava reconhecer a sua divindade e importância. 

Os Três Presentes e Seus Significados

Mirra

Como Baltazar partiu da África é natural que ele levasse algo de seu lugar de origem. Para a cultura africana mirra era o presente dado aos profetas, trata-se um de arbusto nativo do continente que dentre outras coisas possui uma resina que permite o preparo de medicamentos.  

Incenso

De origem indiana, Rei Gaspar, presenteou Jesus com incenso como uma referência a sua divindade. Para os indianos os incensos representam a espiritualidade e uma forma material de manifestar a sua fé. Outro ponto interessante é que há milhões de anos a Índia tem nos incensos queimando uma forma de espantar os insetos e energias que tragam algo negativo. 

Ouro

O presente de Melchior foi ouro como um reconhecimento da divindade de Jesus uma vez que o metal nobre era apenas oferecido para os deuses. O ouro também traz em si a carga de significado de nobreza. 

Folia de Reis

A comemoração conhecida como Folia de Reis pelos católicos é uma forma de festejar os reis magos que levaram presentes cheios de significado para Jesus quando este era um recém-nascido. Os festejos tem seu início no dia 24 de dezembro que é a véspera do nascimento de Jesus e dura até o dia 6 de janeiro que é o Dia de Reis, o dia da visita. Trata-se de uma tradição que começou em Portugal e que foi trazida para o Brasil devido a colonização.

A Tradição da Fava e do Brinde

Para que a festa possa se manter por tantos dias Portugal tem uma tradição de esconder uma fava no meio do bolo da festa. Aquele que encontra a fava fica responsável por trazer o bolo do dia seguinte. Uma forma de manter a festa acontecendo durante tantos dias. Há ainda um brinde escondido no bolo, quem encontrar esse brinde na sua fatia será coroado e terá de oferecer o bolo no ano seguinte. 

Trajeto Festivo

Outro ponto importante da tradição da Folia de Reis é o fato de que os componentes do grupo percorrem um trajeto fazendo visitas as pessoas do caminho levando assim as bênçãos do menino Jesus para quem aceita lhes receber. Uma retribuição daqueles que recebem as bênçãos é oferecer comida para os integrantes do festejo para que possam então seguir o caminho oferecendo essa mesma alegria para mais pessoas.

Integrantes do Grupo

O grupo da Folia de Reis é bastante organizado e as suas funções são divididas da seguinte forma: o mestre e o contramestre (aqueles que conhecem as tradições e assim contribuem para manter a organização), o palhaço responsável pela alegria da festa) , músicos e tocadores (responsáveis pela música) e claro os representantes do três reis magos. Todos esses componentes representam a proteção ao menino Jesus contra os soldados de Herodes que perseguiram Maria e José.

Sapatos nas Janelas na Espanha

Uma tradição muito bonita referente ao Dia de Reis acontece na Espanha em que as crianças deixam sapatos nas janelas de suas casas com ervas ou capim com o objetivo de fornecer alimento para os camelos dos reis magos para que eles possam fazer a sua viagem. Existe a lenda de que os reis magos agradecem tal gentileza deixando doces e guloseimas para as crianças que colocam os seus sapatos nas janelas. 

Presentes na Itália

Na Itália a tradição da entrega de presentes acontece no dia 6 de janeiro, Dia de Reis e não no dia 25 de dezembro. A comemoração do Dia de Reis é chamada de Befana que é uma bruxa boa que entrega presentes para as crianças.

Feriado na Europa

Talvez no Brasil Dia de Reis não tenha tanto destaque como o Natal, por exemplo, no entanto, na Europa se trata de uma data muito relevante constituindo inclusive um feriado em todo o continente. Bastante curioso que essa data seja considerada mais importante que o Natal em alguns países como a Espanha.

No Dia de Reis Desmonte o Presépio

Todo mundo já sabe que no dia 6 de janeiro é o dia em que se deve desmontar a decoração de natal incluindo o presépio. Existe a crença de que não é bom manter a decoração depois desse dia. 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Religiosidades

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.