Nossa Senhora da Batalha

A aparição de Nossa Senhora denominada como Nossa Senhora da Batalha ocorreu em 1385, em Portugal. No dia 14 de agosto desse ano, um dia antes do que se comemora a Assunção de Nossa Senhora, ocorreu a Batalha de Aljubarrota, um conflito entre portugueses e espanhóis. Continue acompanhando e saiba mais a respeito da história desta santa tão popular.

Nossa Senhora da Batalha

Nossa Senhora da Batalha

A História de Nossa Senhora da Batalha

Mesmo com uma tropa bastante inferior em relação a da Espanha, os portugueses não desistiram da batalha e buscaram forças em sua devoção para com Nossa Senhora. Por ser véspera de um dia santo, vários soldados estavam em jejum, mais um fator que os colocava em desvantagem em relação aos rivais.

Porém, mesmo com os corpos fracos, sua fé era forte, e, então, milagrosamente os espanhóis recuaram. Na mesma hora os portugueses começaram a gritar para comemorar a sua vitória. E, de forma misteriosa, os moradores de Lisboa, a capital que ficava bem longe do local da batalha, ficaram sabendo que eles haviam saído como vitoriosos. A população de Lisboa soube da notícia enquanto estavam todos reunidos na igreja da cidade em oração.

Um dos soldados portugueses que havia sido capturado pelos espanhóis conseguiu fugir e foi até Lisboa, para confirmar a notícia que todos já haviam sentido em oração. Então, confiando no que sentiram e na informação passada pelo soldado, começaram a procissão no dia seguinte, para comemorar a vitória e também a assunção de Nossa Senhora.

Origem do Título de Nossa Senhora da Batalha

O título que conhecemos hoje, de Nossa Senhora da Batalha, foi instituído no mesmo dia, 14 de agosto de 1385. Foi Dom João I que deu as ordens para que construíssem uma igreja em homenagem à Nossa Senhora, que os protegeu e intercedeu por eles para que a vitória fosse possível.

Hoje, ela é conhecida em todo o mundo pelos nomes de Nossa Senhora da Batalha ou Nossa Senhora da Vitória. Os fieis costumam orar por ela quando precisam de ajuda para vencer alguma batalha, não em sentido literal, como ocorreu em Portugal, mas sim as batalhas da vida, aquelas que enfrentamos todos os dias.

Construída em estilo gótico Flamboyant, o Santuário de Nossa Senhora da Batalha é, indiscutivelmente, o monumento religioso mais glorioso e impressionante em toda Portugal. Ele está localizado a poucos quilômetros da cidade de Fátima, no local onde Portugal ganhou sua independência no século 14. Nossa Senhora da Batalha é, portanto, a Padroeira da independência portuguesa.

Pedidos à Nossa Senhora da Batalha

Se você está passando por um momento difícil em sua vida, faça uma oração para a Nossa Senhora da Batalha. Converse com ela sobre o que te aflige, não tenha medo de abrir o seu coração. Por meio da sua fé ela será ouvida e você encontrará forças para superar qualquer obstáculo que surgir em seu caminho.

Sempre que estiver desanimado (a), pensando em desistir, lembre-se dos soldados portugueses. Eles eram minoria na Batalha de Aljubarrota e, mesmo assim, mantiveram-se firmes, pois tinham fé e sabiam que Nossa Senhora não iria abandoná-los neste momento. A força que vem da fé é muito grande, pois quem acredita sempre alcança.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Santos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.