Romarias

A religião é um dos assuntos mais comentados no mundo todo, já que a sociedade é essencialmente religiosa. Isso pode ser comprovado com o grande número de pessoas que se dizem religiosas – embora o número tenha diminuído com o passar dos séculos- sendo que tal cenário é dominado por três religiões que são consideradas as maiores do planeta: Cristianismo, Islamismo e o Hinduísmo.

Dessa ponta, se destaca o Cristianismo, que é a maior religião do planeta, com um número de adeptos que chega a mais de 2,2 bilhões de pessoas, o que equivale a 30% da população mundial. Em segundo, fica o Islamismo, religião que vem crescendo ultimamente, e o Hinduísmo, que fica em terceiro. No entanto, não são somente tais doutrinas que se declaram religiosas; existe um vasto leque, que pode atingir mais de 3 mil religiões.

Voltando a falar do Cristianismo, a doutrina é dividida em várias vertentes, nas quais as maiores são o Catolicismo, o Protestantismo e a Igreja Ortodoxa, sendo a primeira delas a maior, talvez por ser a primeira a existir.

E, uma das características do catolicismo é a de, além de colocar Deus como o criador e princípio de tudo, reconhecendo em Jesus seu filho único e salvador da humanidade, é venerar a Virgem Maria, mãe de Deus, e pessoas que, durante sua vida, contribuíram, de alguma forma, para a propagação do amor de Deus e da religião cristã. São os chamados Santos.

Entre os católicos, o hábito de realizar passeatas em honra de um santo ou outra entidade cristã é muito comum. São as chamadas romarias, e você vai conhecer um pouco mais delas nesse artigo, já que elas são o tema de hoje. Vamos lá? 

O Que é Uma Romaria?

Uma romaria nada mais é que uma via-sacra com o objetivo de prestar homenagens a uma ou mais entidades divinas, ou seja, dirigir-se até o local de veneração mais próximo que seja dedicado à entidade que se pretende homenagear. São várias as intenções de que resolve fazer uma peregrinação até uma igreja ou um local que é considerado sagrado segundo a religião: pedir graças, bênçãos ou, simplesmente, por devoção.

A palavra romaria deriva da palavra Roma, que é a capital Italiana onde está sediado o Vaticano, a sede oficial da Igreja Católica no mundo, onde muitas pessoas visitam com o intuito de conhecer a Basílica de São Pedro, e de quebra, ver de perto o Chefe da Igreja, o Papa, que, atualmente, é Jorge Mario Bergoglio, o Papa Francisco.

As tradições romeiras já datam de séculos. Desde a morte de Jesus até os dias de hoje, muitos locais considerados de grande importância para a religião cristã- geralmente, tais lugares também são comuns a outras religiões- são alvos de peregrinações. Confira, a seguir, alguns dos locais mais visitados pelos cristãos: 

Jerusalém

Localidade considerada sagrada não só pelos cristãos, mas por outras religiões, a cidade de Jerusalém está localizada entre as montanhas da Judeia, entre o Mar Morto e o Mar Mediterrâneo. É uma das cidades mais antigas do mundo, tendo sido fundada em 3000 anos antes de Cristo. Além do Cristianismo, outras religiões com fundamentos abraâmicos reivindicam a sagrada cidade, como o Islamismo e o Judaísmo.

Em sua longa história, foi destruída duas vezes, atacada mais de 50 vezes, sitiada mais de 20 vezes e, em outras 45 vezes, foi capturada ou recapturada. Somente em 1981, a cidade virou um Patrimônio da Humanidade, declarada pela ONU, sendo que seu nome está constando na lista dos patrimônios históricos em perigo no mundo.

Jerusalém é alvo de disputas por vários grupos religiosos, por conta de toda a sua importância na concepção de cada religião. Para os cristãos, foi onde Jesus cresceu e exerceu sua vida pública, ou seja, quando começou a realizar milagres e a pregar os ensinamentos de Jesus Cristo ao povo, e, também, onde foi preso, julgado e morto, crucificado. Locais por onde o messias cristão passou estão preservados até hoje. A Igreja Do Santo Sepulcro, por exemplo, guarda o local onde o corpo de Jesus foi sepultado depois de sua morte, antes de ele ressuscitar dos mortos.  

Por conta disso, muitas peregrinações são realizadas para lá, com o intuito de conhecer e, também, homenagear Jesus Cristo, ao visitar os locais por onde ele passou. Na cidade, existem outros pontos que são importantes para outras religiões, que também realizam peregrinações até lá.

Fátima

A cidade de Fátima, localizada em Portugal, também é outro reduto dos cristãos, que a consideram santa pela aparição de Nossa Senhora de Fátima a três crianças em 13 de Maio de 1917, mais precisamente, na Cova de Iria. Apresentando-se às crianças e trazendo revelações sobre o mundo nas próximas décadas, a cidade recebe um grande números de romeiros, que vem prestar suas homenagens ou pedir graças à Nossa Senhora. No local das aparições, está construído um templo, que ainda mantém características daquela época, como o arbusto por onde Nossa Senhora de Fátima apareceu aos três pastorinhos. 

Aparecida

O Brasil também possui um local que é alvo de romarias e peregrinações. É a Basílica Nacional de Aparecida, que está localizada em Aparecida do Norte, interior do estado de São Paulo. Por lá, passam cerca de 12 milhões de romeiros por ano.  Nossa Senhora Aparecida é a padroeira da cidade –e também, do Brasil- por ter sido encontrada no rio Paraíba quando um grupo de pescadores estavam exercendo o seu ofício em suas águas.

Conta a história que, em 1717, os pescadores, ao jogarem a rede, pescaram o corpo de uma santa de madeira cor negra e, ao jogarem novamente, recuperaram-lhe a cabeça. Depois disso, teve uma pesca farta, milagre que foi atribuído à santa. Desde então, é visitada por muitas pessoas que estão em busca de pedidos e, também, de agradecimentos.

É muito comum a realização de peregrinações à pé até Aparecida, tendo o Santuário Nacional o preparo especial para receber esses romeiros. Muitos saem de casa e passam semanas andando sob sol forte ou chuva, para chegarem até a casa de Aparecida. 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Religiosidades

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.